» 1 poema

» poema

» poema

» fé, mentira, tesão

» outubro

» 1 poema

» pés

» muros

 

 
 
 
 
 
 
 
 
Suzana Bandeira: rústica, de idade instável. Durmo em pelo. Estou em Dedo de moça — uma antologia das escritoras suicidas (São Paulo: Terracota Editora, 2009).
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
compartilhar: