» a primeira noite

» triplicata

» conselho e torrada só se dá a quem pede

» juro

» 1 microconto, 1 poema

» terror noturno

» 2 contos

» avis rara

» angelus

» a rosa

» curto e consequente

» butterfly

» pequeno deslize

» quem espera sempre alcança

» sílfide

» outra história de amor

» a jovem Y.

» rotina

» a maldição das oliveiras

» irmãos

» l'amour

» sono

» maria eulina

» a morta é viva

» ryan o'neal é culpado

» diário da chuva

» papo de criança

» ano novo, vida viva
   
(Uma fábula)

» trauma

» chincalho

» no escurinho do cinema

» finais

» a loucura é branca

» superstição

» diário das horas

» l'image

» três pulos e uma queda

 
 
 
 
 
 
 
 
Mariza Lourenço. Escritora e advogada, vive em Valinhos/SP. Integra as antologias: Saciedade dos Poetas Vivos, Vol. VI, org. Leila Míccolis e Urhacy Faustino (2008); Dedo de moça — uma antologia das escritoras suicidas (2009); Coisas de Mulher, org. Conselho Estadual da Condição Feminina (2010); A poesia é para comer, org. org. Ana Vidal (2011) e Amar, verbo atemporal, org. Celina Portocarrero (2012). É coeditora da Germina — Revista de Literatura & Arte e editora de arte das Escritoras Suicidas e do site do escritor Rodrigo de Souza Leão. Escreve no Nóstres.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
compartilhar: